Você gosta de IMAGENS HISTÓRICAS? Conhece o mais completo acervo desse tipo de arquivo da internet brasileira? www.FOTONAHISTORIA.blogspot.com

MORTE DE CAIO FERNANDO ABREU


NOME: Caio Fernando Loureiro de Abreu (47 anos) 
QUEM FOI: Jornalista, dramaturgo e escritor brasileiro. Apontado como um dos expoentes de sua geração, a obra de Caio Fernando Abreu, escrita num estilo econômico e bem pessoal, fala de sexo, de medo, de morte e, principalmente, de angustiante solidão. Apresenta uma visão dramática do mundo moderno e é considerado um "fotógrafo da fragmentação contemporânea". Em 1968, perseguido pelo Departamento de Ordem Política e Social (DOPS), Caio refugiou-se no sítio de uma amiga, a escritora Hilda Hilst, em Campinas, São Paulo. No início da década de 1970, ele se exilou por um ano na Europa, morando, respectivamente, na Espanha, na Suécia, nos Países Baixos, na Inglaterra e na França. Foi um gay declarado em plena ditadura militar. 
NASCIMENTO: 12 de setembro de 1948 - Santiago, RS, Brasil. 
MORTE: 25 de fevereiro de 1996 - Porto Alegre, RS, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Complicações da Aids. 
OBS: Caio faleceu em 25 de fevereiro de 1996, Hospital Mãe de Deus em Porto Alegre, no mesmo dia em que Mário de Andrade. Seus restos mortais jazem no Cemitério São Miguel e Almas.

MORTE DE MÁRIO QUINTANA


NOME: Mário de Miranda Quintana (87 anos) 
QUEM FOI: Poeta, tradutor e jornalista brasileiro. Fez as primeiras letras em sua cidade natal, mudando-se em 1919 para Porto Alegre, onde estudou no Colégio Militar, publicando ali suas primeiras produções literárias. Trabalhou para a Editora Globo e depois na farmácia paterna. Considerado o "poeta das coisas simples", com um estilo marcado pela ironia, pela profundidade e pela perfeição técnica, ele trabalhou como jornalista quase toda a sua vida. Traduziu mais de cento e trinta obras da literatura universal, entre elas Em Busca do Tempo Perdido de Marcel Proust, Mrs Dalloway de Virginia Woolf, e Palavras e Sangue, de Giovanni Papini. Em 1980 recebeu o prêmio Machado de Assis, da Academia Brasileira de Letras, pelo conjunto da obra. 
NASCIMENTO: 30 de julho de 1906 - Alegrete, RS, Brasil. 
MORTE: 5 de maio de 1994 - Porto Alegre, RS, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Insuficiência cardíaca e respiratória.  
OBS: A morte de Mário Quintana aconteceu quatro dias depois da tragédia de Ayrton Senna, em 5 de maio de 1994, e comoveu tremendamente o Rio Grande do Sul. Ele estava internado no Hospital Moinho de Ventos em Porto Alegre com infecção intestinal e insuficiência respiratória. Encontra-se sepultado no Cemitério São Miguel e Almas em Porto Alegre.

MORTE DE CHRISTOPHER LEE


NOME: Christopher Frank Carandini Lee (93 anos) 
QUEM FOI: Ator inglês, famoso por interpretar Drácula e o maligno Saruman em "O senhor dos anéis". Começou sua carreira no teatro, desde cedo dedicando-se a papéis de malfeitores. Seu primeiro personagem foi Rumpelstiltskin, antagonista do conto homônimo dos Irmãos Grimm. Lee ficou conhecido mundialmente interpretando o Conde Drácula, personagem que encarnou por diversas vezes pelos estúdios da britânica Hammer Film Productions. Atuou também na trilogia O Senhor dos Anéis e em dois filmes da trilogia O Hobbit interpretando o personagem Saruman. Sua carreira também foi marcada pelos filmes dirigidos por Tim Burton, como A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça, A Fantástica Fábrica de Chocolate e Sombras da Noite, e emprestou a voz a personagens de A Noiva Cadáver e Alice no País das Maravilhas. Também atuou como Conde Dookan em Star Wars episódios II e III. Sua carreira foi bastante prolífica, com mais de 200 produções. 
NASCIMENTO: 27 de maio de 1922 - Londres, Inglaterra. 
MORTE: 7 de junho de 2015 - Londres, Inglaterra. 
CAUSA DA MORTE: Insuficiência cardíaca e respiratória. 
OBS: Lee faleceu no hospital Chelsea e Westminster, em Londres, onde estava internado por problemas de insuficiência cardíaca e respiratória.

MORTE DE PETER GAY


NOME: Peter Joachim Fröhlich (91 anos) 
QUEM FOI: Historiador alemão, radicado nos Estados Unidos da América. Conhecido por ter dedicado mais de vinte anos ao estudo do iluminismo, mas que, no início da década de 1970, adotou o período vitoriano como objeto de pesquisa , é é o autor da mais notória biografias do psicanalista Sigmund Freud. Gay escreveu "Freud: Uma vida para nosso tempo", uma das biografias mais bem conceituadas sobre o psicanalista alemão. Especialista no filósofo francês Voltaire e no Iluminismo, Gay deixou sua área de atuação para também escrever sobre a classe média vitoriana a condição cultural dos judeus na Alemanha. 
NASCIMENTO: 20 de junho de 1923 - Berlim, Alemanha. 
MORTE: 12 de maio de 2015 - Manhattan, EUA. 
CAUSA DA MORTE: Causas naturais. 
OBS: No fim dos anos 1960, passou a integrar o Departamento de História da Universidade de Yale.

MORTE DE BEN E. KING


NOME: Benjamin Earl Nelson (76 anos) 
QUEM FOI: Cantor de soul e R&B Ben E. King, que ficou famoso por interpretar a canção "Stand by me". King começou sua carreira no fim da década de 1950 com o grupo The Drifters, cantando hits como "There Goes My Baby" e "Save The Last Dance For Me". A música "Stand by me" está no álbum "Don't Play That Song", lançado em 1962 pela gravadora Atco Records, e foi o que levou Ben E. King ao sucesso da carreira solo. 
NASCIMENTO: 28 de setembro de 1938 - Henderson, Carolina do Norte, EUA. 
MORTE: 30 de abril de 2015 - Hackensack, Nova Jersey, EUA. 
CAUSA DA MORTE: Causas naturais. 
OBS: O assessor do cantor disse ao site do jornal "The Telegraph" que King morreu de causas naturais.

MORTE DE ELIAS GLEIZER


NOME: Ilicz Glejzer (81 anos) 
QUEM FOI: Ator brasileiro. Filho de imigrantes judeus poloneses, de pai sapateiro e mãe dona de casa. Trabalhou no teatro e no cinema, mas consagrou-se na televisão. A carreira de ator começou no fim dos anos 1950, na extinta TV Tupi. O papel mais recente de Elias Gleizer em novelas foi em "Boogie Oogie", de 2014. O ator também esteve em dezenas de produções, incluindo as novelas "Tempos Modernos", "Caminho das Índias", "Pé na Jaca", "Sinha Moça", "Sonho Meu", entre outras. 
NASCIMENTO: 4 de janeiro de 1934 - São Paulo, Brasil. 
MORTE: 16 de maio de 2015 - Rio de Janeiro, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Falência circulatória devida a uma queda
OBS: Elias Gleizer estava internado no Hospital Copa D'Or, em Copacabana, desde 6 de maio e morreu por falência circulatória em decorrência de um trauma. Ele sofreu uma queda e o quadro se agravou.

MORTE DE B.B.KING


NOME: Riley Ben King (89 anos) 
QUEM FOI: Guitarrista de blues, compositor e cantor norte-americano. O "B. B." em seu nome significa Blues Boy, seu pseudônimo como moderador na rádio W. Foi considerado, ao lado de Eric Clapton e Jimi Hendrix, um dos melhores guitarristas do mundo pela revista norte-americana Rolling Stone. Ao longo da sua carreira, B.B. King foi distinguido com 15 prémios Grammy, tendo sido o criador de um estilo musical único e que faria dele um dos músicos mais respeitados e influentes de blues, tendo ganho o epíteto de Rei dos Blues. 
NASCIMENTO: 16 de setembro de 1925 - Itta Bena, Mississippi, EUA. 
MORTE: 14 de maio de 2015 - Las Vegas, EUA. 
CAUSA DA MORTE: Complicações da diabetes. 
OBS: King morreu na madrugada de 15 de maio de 2015, enquanto dormia, aos 89 anos.O médico do músico, Darin Brimhall, e o legista John Fudenberg disseram à agência que o termo técnico para a causa da morte é demência vascular. Brimhall disse que os AVCs de B.B. King resultaram da redução do fluxo sanguíneo em consequência de DIABETES crônica.

MORTE DE ANTONIO ABUJAMRA


NOME: Antônio Abujamra (82 anos) 
QUEM FOI: Diretor de teatro, ator e apresentador brasileiro, sendo um dos primeiros a introduzir os métodos teatrais de Bertolt Brecht e Roger Planchon em palcos brasileiros. Formou-se em filosofia e jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, em 1957. Iniciou-se como crítico teatral e fez suas primeiras incursões como ator e diretor no Teatro Universitário, entre 1955 e 1958. Aos 55 anos, Abujamra iniciou sua carreira de ator. Em dois anos, atuou em duas telenovelas e três peças e é premiado pelo desempenho no monólogo “O Contrabaixo”, de Patrick Suskind, 1987. Em 1991, recebeu o Prêmio Molière pela direção de “Um Certo Hamlet”, espetáculo de estreia da companhia Os Fodidos Privilegiados, fundada por Abujamra para ocupar o Teatro Dulcina, no Rio. Em depoimento ao jornal 'O Estado de S. Paulo', em 2010, o escritor falou de sua percepção a respeito da vida e da morte. "A essência do meu progresso estava em poder aceitar a minha decadência. Ou seja, progredir até morrer, porque viver é morrer. E não me arrependo de nada." 
NASCIMENTO: 15 de setembro de 1932 - Ourinhos, SP, Brasil. 
MORTE: 28 de abril de 2015 - São Paulo, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Infarto do miocárdio. 
OBS: Abujamra morreu dormindo e o corpo foi encontrado na casa onde morava, em São Paulo. Seu corpo foi cremado.

MORTE DE BEATRIZ THIELMANN


NOME: Beatriz Thielmann (63 anos) 
QUEM FOI: Jornalista brasileira. Tinha mais de três décadas de carreira. Cobriu momentos importantes da História do país, como a promulgação da Assembleia Nacional Constituinte, em 1988, a eleição e a morte de Tancredo Neves, a Eco-92, a Rio+20 e a visita do Papa Francisco. Recebeu o Prêmio Ibero-Americano do Unicef por uma reportagem sobre turismo sexual infantil. Na TV Globo, a jornalista passou pelos telejornais “Bom Dia Brasil", “Jornal da Globo", “Jornal Nacional", “Globo Repórter”, além da “GloboNews”. Beatriz foi a primeira repórter da emissora a entrevistar Fidel Castro, em 1987. Ela viajou junto com o ministro das Relações Exteriores na época, Abreu Sodré, e mais uma equipe de sete jornalistas e colunistas. Era a única repórter de televisão. Beatriz tinha mais de 30 anos de carreira, trabalhando sempre na Globo. Começou como estagiária e também foi editora de texto, antes de ser repórter. 
NASCIMENTO: 13 de janeiro de 1952 - Juiz de Fora, MG, Brasil. 
MORTE: 29 de março de 2015 - Sao Paulo, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Câncer no peritônio. 
OBS: Beatriz estava internada no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

MORTE DE JORGE LOREDO


NOME: Jorge Rodrigues Loredo (89 anos) 
QUEM FOI: Ator e humorista brasileiro, mais conhecido por seu personagem Zé Bonitinho. Paralelamente, exerceu a profissão de advogado, especialista em Direito Previdenciário e do Trabalho. Era irmão do também ator João Loredo também falecido. Filho de Luiza Rodrigues Loredo e do comerciante Etelvino Ignacio Loredo, Jorge foi criado no subúrbio de Campo Grande, no Rio de Janeiro. Aos 12 anos foi diagnosticado com osteomielite na perna esquerda.2 A dor constante, só curada nos anos 70, fez de Loredo um garoto introvertido e cabisbaixo. Aos 20 anos, devido a uma tuberculose, foi internado num sanatório. O que parecia ser mais uma tragédia foi, ao contrário, sua salvação. Incentivado pelos médicos, participou de um grupo teatral no hospital e descobriu sua vocação de ator. Desde 1959, ele atuou em 12 filmes, dentre os quais "Sem Essa, Aranha", de 1970, "O Abismo", de 1977, "Chega de Saudade", de 2008, e "O Palhaço", de 2011, que têm grande destaque no cinema nacional, além de "Câmera, Close", documentário do qual ele foi o tema em 2005. 
NASCIMENTO: 7 de maio de 1925 - Rio de Janeiro, Brasil. 
MORTE: 26 de março de 2015 - Rio de Janeiro, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Falência múltipla de órgãos devida a problemas pulmonares.
OBS: Loredo estava internado no hospital São Lucas, zona sul do Rio e foi mantido na Unidade Cardio Intensiva. Teve uma longa luta contra uma doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) e um enfisema pulmonar. A causa da morte foi falência múltipla dos órgãos. O corpo do humorista foi cremado no Cemitério do Caju, no Rio de Janeiro.

MORTE DE INEZITA BARROSO


NOME: Ignez Magdalena Aranha de Lima (80 anos) 
QUEM FOI: Cantora, atriz, instrumentista e apresentadora de rádio e televisão brasileira. Filha de família tradicional paulistana, passou a infância cercada por influências musicais diversas, mas foi na fazenda da família, no interior paulista, que desenvolveu seu amor pela música caipira e pelas tradições populares. Formou-se em Biblioteconomia pela USP, e foi uma grande pesquisadora do gênero musical. Por conta própria, percorreu o Brasil resgatando histórias e canções. Além da cantora, foi instrumentista, arranjadora, folclorista e professora. Em cerca de 60 anos de carreira, gravou mais de 80 discos. Na televisão, iniciou a sua carreira artística junto com a TV Record, onde foi a primeira cantora contratada. Depois, passou pela extinta TV Tupi e outras emissoras, até chegar à TV Cultura para comandar o "Viola, Minha Viola", onde apresentava desde os anos 1980. 
NASCIMENTO: 4 de março de 1925 - São Paulo, Brasil. 
MORTE: 8 de março de 2015 - São Paulo, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Insuficiência respiratória aguda. 
OBS: Em novembro de 2014, foi eleita para a Academia Paulista de Letras, ocupando o lugar da folclorista Ruth Guimarães, morta em maio.

MORTE DE JOSÉ RICO


NOME: José Alves dos Santos (68 anos) 
QUEM FOI: Cantor brasileiro de música sertaneja. Fez parte da importante dupla sertaneja Milionário & José Rico. José Rico também foi um grande compositor, e a música Estrada da Vida é de sua autoria, é um dos maiores sucessos da vitoriosa trajetória da dupla, que deu título ao filme Na estrada da vida, estrelado pelos mesmos. A dupla também atuou em outro filme, Sonhei com você, dirigido por Ney Sant'Anna. Por ter sido criado na cidade de Terra Rica, no estado do Paraná, desde os dois anos de idade, José Rico acabou adotando, e registrando em cartório, o nome José Rico Alves dos Santos, em homenagem à cidade paranaense onde viveu sua infância. O apelido foi inventado por um padre, ainda durante a infância de José Rico. Outra probabilidade seja talvez herdada de Johnny Cash, de uma tradução quase literal de seu nome. Considerando que Johnny Cash teve reconhecimento mundial somente na época em que José Rico formou dupla com Milionário, juntos há mais de 40 anos. Ao longo da carreira venderam mais de 30 milhões de cópias. Eles mantinham atividade intensa até hoje, com uma média de 170 shows por ano. Eles inseriram influência de diversos estilos no sertanejo, como ritmos nordestinos e de outros países da América Latina. Em 2014, José Rico se candidatou a deputado federal em Goiás, pelo PMDB, mas não foi eleito. 
NASCIMENTO: 29 de junho de 1946 - São José do Belmonte, PE, Brasil. 
MORTE: 3 de março de 2015 - Americana, SP, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Insuficiência do miocárdio, seguida de parada cardíaca.  
OBS: José Rico estava internado no hospital Unimed, de Americana-SP. O sepultamento foi realizado foi marcado por tumulto e homenagens dos fãs. Cerca de 7.000 pessoas acompanharam a cerimônia no Cemitério da Saudade. De acordo com a Guarda Municipal de Americana, durante o enterro, pessoas subiam nos jazigos para conseguir uma visão melhor do túmulo de José Rico. Isso fez com que as tampas de algumas sepulturas se quebrassem e pelo menos quatro pessoas caíssem dentro de túmulos.

MORTE DE RENATO ROCHA


NOME: Renato da Silva Rocha (53 anos) 
QUEM FOI: Músico brasileiro. Conhecido também como "Billy" ou "Negrete", era baixista e compositor da banda Legião Urbana, e participou dos três primeiros discos do grupo: Legião Urbana, Dois e Que País É Este. A primeira banda que Rocha integrou foi a Gestapo. Depois, Negrete formou com Toninho Maia a banda Hosbond Kama. Em 1981, ele passou a integrar a banda Dents Kents, que existiu de 1981 a 1982. A Legião Urbana originalmente era um trio, com Renato Russo (baixo), Dado Villa-Lobos (guitarra) e Marcelo Bonfá (bateria). Renato Rocha ingressou na Legião Urbana logo depois de a banda ter assinado o contrato com a EMI, em 1984, a quatro dias do início das gravações do primeiro LP da banda. O motivo foi a tentativa de suicídio de Renato Russo ao cortar os pulsos, ficando assim impossibilitado de gravar. Renato Rocha já era amigo de Marcelo Bonfá, o que facilitou sua entrada para a banda. A partir daí, virou integrante fixo do grupo e compôs "'Quase sem querer" e "Daniel na cova dos leões" e outras canções junto com os membros da banda. Renato Rocha deixou a Legião em 1989, quando a banda estava prestes a assinar o contrato do álbum As Quatro Estações. Em uma entrevista concedida anos mais tarde, ele afirmou que foi expulso por Renato Russo que, saindo de um elevador, disse: "Você está fora da minha banda". Em entrevistas posteriores, Dado Villa-Lobos revelou que os reais motivos da saída de Negrete foram devido aos seus problemas pessoais com bebidas e atrasos em shows. 
NASCIMENTO: 27 de maio de 1961 - Rio de Janeiro, Brasil. 
MORTE: 22 de fevereiro de 2015 - Guarujá, SP, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Parada cardíaca.  
OBS: Segundo a Polícia Militar, o corpo encontrado encostado na porta de um hotel no bairro da Enseada. O corpo foi encontrado por uma amiga que acompanhava Renato na pousada. Após a remoção do corpo, que foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) da cidade, a polícia fez uma varredura no quarto do hotel. Segundo o delegado, além de não existirem marcas de violência, nenhum tipo de droga foi encontrada durante a perícia realizada no local.

MORTE DE CLÁUDIO MARZO


NOME: Cláudio da Silva Marzo (74 anos) 
QUEM FOI: Ator brasileiro. Pai da atriz Alexandra Marzo, fruto do seu casamento com a atriz Betty Faria, também foi casado com a atriz Denise Dumont com quem tem um filho chamado Diogo e pai de Bento, fruto do seu casamento com a atriz Xuxa Lopes. Foi também casado com a atriz Miriam Mehler. Cláudio foi filho de um metalúrgico e de uma dona de casa. Na TV se destacou em novelas como Irmãos Coragem, Minha Doce Namorada, Carinhoso, Senhora, Brilhante, Plumas & Paetês, Cambalacho, Bambolê, Fera Ferida, A Indomada, Era Uma Vez e Andando nas Nuves e nas minisséries Quem Ama Não Mata e Amazônia, de Galvez a Chico Mendes. Também participou da novela Pantanal, na extinta TV Manchete, no antológico personagem José Leôncio, o Velho do Rio. Em 1962, na extinta TV Tupi, protagonizou o compositor Frédéric Chopin, ao lado de Laura Cardoso, que interpretou George Sand. 
NASCIMENTO: 26 de setembro de 1940 - São Paulo, Brasil. 
MORTE: 22 de março de 2015 - Rio de Janeiro, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Enfisema pulmonar. 
OBS: Marzo estava internado no CTI da Clínica São Vicente, na Gávea, desde o último dia 4 de março. Nos últimos meses, o ator teve diversas passagens pela clínica. Em fevereiro, ele foi internado com problemas respiratórios. Já em setembro de 2014, passou 14 dias no hospital por causa de uma pneumonia. Em outubro, fez uma cirurgia do aparelho digestivo, e em novembro, foi internado com um quadro de hemorragia digestiva e diverticulite.

MORTE DE LEONARD NIMOY


NOME: Leonard Simon Nimoy (83 anos) 
QUEM FOI: Seu papel mais conhecido é como o Sr. Spock, das série de TV e nos filmes de Jornada nas Estrelas Star Trek. Também atuou na série clássica Missão: Impossível, nas temporadas de 1969-1971 e fez um episódio da primeira temporada de Agente 86. Nimoy participou do episódio "O Gorila" da série "Bonanza", em 17 de dezembro de 1960. Seus pais eram imigrantes judeus da Ucrânia. Ele desenvolveu interesse em atuar em uma idade precoce, sendo sua primeira aparição no palco aos oito anos em uma produção de "Hansel e Gretel". Nimoy fez aulas de teatro por um tempo no Boston College, e, depois de sair de casa para seguir carreira em Hollywood, ele conseguiu seu primeiro papel principal no filme "Kid Monk Baroni", de 1952. Ele também passou para trás das câmeras e dirigiu o terceiro e quarto longas de "Star Trek", sendo que "Star Trek IV: a volta para casa" foi então o filme de maior sucesso da série no cinema. Nimoy também dirigiu os filmes "Coisas engraçadas do amor", com Gene Wilder, e "Três solteirões e um bebê", de 1987, uma das comédias de maior bilheteria da época. 
NASCIMENTO: 26 de março de 1931 - Boston, EUA. 
MORTE: 27 de fevereiro de 2015 - Los Angeles, EUA. 
CAUSA DA MORTE: Doença pulmonar crônica obstrutiva.  
OBS: A doença de que Nimoy sofria – conhecida no Brasil como DPOC – tem forte relação com o fumo. Ela é mais comum em adultos, principalmente a partir dos 40 anos. Causa falta de ar, fadiga muscular e insuficiência respiratória, e é apontada pelo Ministério da Saúde como uma das principais causas de mortalidade no Brasil.

MORTE DE LOUIS JOURDAN


NOME: Louis Robert Gendre (93 anos) 
QUEM FOI: Ator francês. Fez carreira em Hollywood após a Segunda Guerra Mundial. Quando jovem, trabalhou em várias comédias românticas e dramas em seu país, mas durante a ocupação alemã, depois que seu pai foi detido pela Gestapo, se negou a participar em filmes com propaganda nazista. Em 1948, o produtor e roteirista David O. Selznick o convidou para participar de uma produção de Hollywood em 'Agonia de Amor', dirigida por Alfred Hitchcock e protagonizada por Gregory Peck e Ann Todd, filme no qual interpretou um papel secundário. A partir daí, se transformou em um rosto habitual dos filmes da era dourada de Hollywood, fazendo papéis de galã francês e trabalhando junto com atrizes como Gina Lollobrigida, Joan Fontaine, Marie Laforet, Grace Kelly e Shirley MacLaine. Entre os filmes que protagonizou se destacam o musical 'Gigi' (1958), 'Can-Can' (1960), 'A Vingança de Monte Cristo' (1961), 'Feita em Paris' (1966), 'Julie' (1956), na qual fazia papel de vilão, e 'To Die in Paris' (1968), entre muitas outras. Já mais velho, começou a fazer papéis de vilão, como no filme '007 Contra Octopussy' (1983), da saga de James Bond, e em 'O Homem da Máscara de Ferro' (1977), com Richard Chamberlaine. 
NASCIMENTO: 19 de junho de 1921 - Marselha, França. 
MORTE: 14 de fevereiro de 2015 - Beverly Hills, EUA. 
CAUSA DA MORTE: Causas naturais.  
OBS: Jourdan tem duas estrelas na Calçada da Fama de Hollywood e em 2010 recebeu a Legião de Honra, a máxima condecoração da França.

MORTE DE TOMIE OHTAKE


NOME: Tomie Nakakubo (101 anos) 
QUEM FOI: Artista plástica japonesa naturalizada brasileira. Aos vinte e três anos de idade viajou ao Brasil, para visitar um irmão mas não pôde retornar, devido a Segunda Guerra Mundial. É uma das principais representantes do abstracionismo informal. Sua obra abrange pinturas, gravuras e esculturas. Foi premiada no Salão Nacional de Arte Moderna, em 1960; e em 1988, foi condecorada com a Ordem do Rio Branco pela escultura pública comemorativa dos 80 anos da imigração japonesa, em São Paulo. Tomie se destacou também com o trabalho com esculturas em grandes dimensões em espaços públicos, sendo que na 23ª Bienal Internacional de São Paulo, em 1995, teve uma sala especial de esculturas. Atualmente, 27 de suas obras são obras públicas, as quais estão em algumas cidades brasileiras. Em São Paulo, parte delas se tornaram marcos paulistanos, como os quatro grandes painéis da Estação Consolação do Metrô de São Paulo, a escultura em concreto armado na Avenida 23 de Maio e a pintura em parede cega no centro, na Ladeira da Memória. 
NASCIMENTO: 21 de novembro de 1913 - Kyoto, Japão. 
MORTE: 12 de fevereiro de 2015 - São Paulo, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Choque séptico causado por uma broncopneumonia. 
OBS: Tomie Ohtake faleceu no Hospital Sírio-Libanês e seu corpo foi cremado em uma cerimônia só para a família.

MORTE DE JOHN RUSSELL




NOME: John Lawrence Russell (70 anos) 
QUEM FOI: Ator norte-americano. Foi também um veterano da Segunda Guerra Mundial. Ficou muito famoso ao interpretar o Marechal Don Troop, série de sucesso da BBC, entre os anos de 1958-1962. Ao longo dos anos entre 1960 e 1980, ele voltou a papéis secundários, aparecendo em mais de vinte filmes, incluindo três dirigidos por seu amigo Clint Eastwood. Um deles foi como o cherife Stockburn, o vilão principal no filme de Eastwood 1985, O cavaleiro Solitário. 
NASCIMENTO: 3 de janeiro de 1921 - Los Angeles, CA, EUA. 
MORTE: 19 de janeiro de 1991 - Los Angeles, CA, EUA.
CAUSA DA MORTE: Enfisema pulmonar. 
OBS: Foi Sepultado no cemitério nacional de Los Angeles, como ex-verterano de guerra.

MORTE DE MARIA DELLA COSTA


NOME: Gentile Maria Marchioro Della Costa Poloni (89 anos) 
QUEM FOI: Atriz brasileira. Na década de 40, a beleza da jovem a trouxe para o Rio de Janeiro onde participou dos shows do Golden Room do Copacabana Palace. Como modelo da famosa Casa Canadá, ganhou o título de primeira manequim do país. Em 1944, estreou no teatro a convite de Bibi Ferreira. Dez anos depois, a atriz inaugurou a própria casa de espetáculos, o Teatro Maria Della Costa em São Paulo. Lançou atores como Fernanda Montenegro, Sérgio Britto e Ney Latorraca. Em 1954, inaugura sua própria casa de espetáculos, o Teatro Maria Della Costa, em São Paulo, projetado por Oscar Niemeyer e Lúcio Costa. Sandro Polloni, à frente da casa, cria um repertório considerado um dos melhores do teatro brasileiro. Montagens como "Tobacco Road", de Erskine Caldwell e Jack Kirkland (1948), "A Prostituta Respeitosa", de Sartre (1948), "Com a Pulga Atrás da Orelha", de Feydeau (1955), "A Moratória", de Jorge Andrade (1955), "Rosa Tatuada", de Tennessee Williams (1956), e "A Alma Boa de Setsuan", de Brecht (1958), marcam essa fase. No cinema atuou em diversos filmes: "O Cavalo 13" (1946) e "O Malandro e a Grã-fina" (1947), ambos sob a direção de Luiz de Barros; "Inocência" (1949); "Caminhos do Sul" (1949); e "Moral em Concordata" (1959). É dirigida pelo italiano Camillo Mastrocinque no premiado "Areião" (1952), produção da Maristela Filmes. Já na televisão teve pouca participação: fez a novela Beto Rockfeller, na TV Tupi, em 1968, e na TV Globo atuou em Estúpido Cupido (1976) e Te contei? (1978). 
NASCIMENTO: 1 de janeiro de 1926 - Flores da Cunha, RS, Brasil. 
MORTE: 24 de janeiro de 2015 - Rio de Janeiro, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Edema pulmonar agudo. 
OBS: Maria estava internada no Hospital Samaritano, em Botafogo, na Zona Sul do Rio, e teve um edema pulmonar agudo. Foi velada na Câmara dos Vereadores de Paraty, na Costa Verde, e sepultada no Cemitério Municipal de Paraty. Ela não tinha filhos.

MORTE DE JOE COCKER


NOME: John Robert Cocker (70 anos) 
QUEM FOI: Cantor britânico de rock, influenciado pela soul music no início da carreira. Começou sua carreira musical em sua cidade natal na Inglaterra, aos quinze anos de idade. Com o nome artístico de Vance Arnold tocou com The Avengers, depois Big Blues (1963) e então a Grease Band (a partir de 1966). Em 1969 ele foi o astro convidado do programa The Ed Sullivan Show. Seu primeiro grande sucesso foi a antológica canção "With a Little Help from My Friends", uma versão da música dos Beatles gravada com o guitarrista Jimmy Page. No mesmo ano ele apareceu no Festival de Woodstock, com um show consagrador, sobre o qual ele fala no livro Woodstock, do jornalista [Pete Fornatale] : "Tivemos uma reação emocionante quando tocamos With a Little Help from My Friends. Foi como um sentido maravilhoso de comunicação. Era o último número do show, eu lembro, mas senti que finalmente tínhamos nos comunicado com alguém". Sua versão para a música liderou as paradas do Reino Unido e também virou tema de abertura da série "Anos incríveis", exibida nas décadas de 1980 e 1990. 
NASCIMENTO: 20 de maio de 1944 - Sheffield, Inglaterra. 
MORTE: 22 de dezembro de 2014 - Crawford, EUA. 
CAUSA DA MORTE: Câncer de garganta. 
OBS: Um dos primeiros a comentar a morte de Joe Cocker foi justamente Ringo Starr, baterista dos Beatles e intérprete de "With a little help from my friends", que foi composta por John Lennon e Paul McCartney. Ringo postou em sua conta no Twitter: "adeus e Deus abençoe Joe Cocker, de um de seus amigos. Paz e amor. R".

MORTE DE JORGEH RAMOS


NOME: Jorgeh José Ramos (73 anos) 
QUEM FOI: Ator e um dos mais importantes dubladores do cinema brasileiro. Natural de Recife (PE) e radicado no Rio de Janeiro, Jorgeh Ramos deu voz a personagens conhecidos do cinema, como Jafar, de "Aladdin", e Scar, de "O Rei Leão". Tornou-se uma das vozes mais conhecidas em dublagem no país, tarefa que começou a realizar na década de 1970. Além de atuar e narrar, Jorgeh também escreveu algumas peças de teatro. Atuou em diversos filmes e trailers. Em uma das narrações mais famosas está a frase anunciando estreias: "sexta-feira, nos cinemas". 
NASCIMENTO: 30 de fevereiro de 1941 - Recife, PE, Brasil. 
MORTE: 30 de novembro de 2014 - Porto Alegra, RS, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Pneumonia devida a câncer renal. 
OBS: Paciente renal crônico e hipertenso, Jorgeh havia sido diagnosticado com câncer há um ano e lutava contra a doença. Seu corpo foi cremado em Caxias do Sul, na Serra do Rio Grande do Sul, em uma cerimônia apenas para familiares.

MORTE DE MILTON BERLE


NOME: Milton Berlinger (93 anos) 
QUEM FOI: Comediante, apresentador de TV e compositor americano. Ele foi a primeira grande estrela da televisão americana e era conhecido por milhões de telespectadores como "Uncle Miltie" e "Mr. Television" durante a era de ouro da TV. Nos primórdios da Televisão, os anunciantes tinham peso tão grande que era de praxe incluir seus nomes nos títulos dos programas. Em "The Texaco Show Theater" com Milton Berle, já era o programa de maior audiência da televisão americana, atraindo 87% dos telespectadores. Aos 40 anos de idade e depois de 35 no show busines, Berle, conhecido como Tio Miltie, tornou-se a primeira "sensação imediata" criada pela televisão, um fenômeno que esse meio de comunicação iria recriar muitas vezes. Berle era também apelidar de de Mr. Television. 
NASCIMENTO: 12 de julho de 1908 - Nova York, EUA. 
MORTE: 27 de março de 2002 - Califórnia, LA, EUA. 
CAUSA DA MORTE: Câncer do cólon. 
OBS: Apesar da longevidade, Berle fumou charutos durante toda a vida. Berle tinha uma estátua de gesso de seu pênis e guardava no sótão. De vez enquando colocava a imagem na sala para espantar os convidados do jantar. Depois de sua morte, a estátua desapareceu misteriosamente, para sempre.

MORTE DE MÁRCIO THOMAZ BASTOS

 

NOME: Márcio Thomaz Bastos (79 anos) 
QUEM FOI: Advogado criminalista brasileiro. Foi ministro da Justiça do Brasil durante o primeiro mandato de Luiz Inácio Lula da Silva e durante três meses do segundo, entre 2003 e 2007. Participou de seu primeiro júri em 1957, ainda na condição de solicitador acadêmico. Entre defesas e acusações, ao longo deste tempo, trabalhou em quase 1000 julgamentos perante o Tribunal do Júri, quase sempre defendendo gratuitamente acusados que não tinham condições de arcar com honorários advocatícios. Advogado exclusivamente de direito criminal, Márcio Thomaz Bastos atuou ao lado do Eliseu Buchmeier na acusação dos assassinos de Chico Mendes. Foi fundador e chefe de um dos mais respeitados escritórios de advocacia criminal do país, no qual atuou até 2003, quando tornou-se ministro da Justiça, a convite do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Teve como sócios, até assumir a pasta ministerial, os advogados Sônia Cochrane Ráo, Dora Cavalcanti Cordani e Luiz Fernando Pacheco. 
NASCIMENTO: 30 de julho de 1935 - Cruzeiro, SP, Brasil. 
MORTE: 20 de novembro de 2014 - São Paulo, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Problemas pulmonares (Fibrose pulmonar). 
OBS: Márcio estava internado no hospital Sírio-Libanês,em São Paulo, para tratamento de problema do pulmão. O boletim médico apontou "descompensação de fibrose pulmonar". 



FIBROSE PULMONAR é uma doença respiratória crônica e progressiva caracterizada pela formação de excessivo tecido conectivo (fibrose), engrossando as paredes dos tecidos pulmonares. Ocorre quando o tecido pulmonar é danificado e forma cicatrizes, endurecendo e prejudicando a elasticidade e troca gasosa. É mais comum depois dos 55 anos, um pouco mais frequente em homens e frequentemente causado por exposição prolongada a gases tóxicos e poeira inorgânica no ambiente de trabalho.

MORTE DE MIKE NICHOLS


NOME: Mike Nichols (83 anos) 
QUEM FOI: Cineasta alemão naturalizado norte-americano. Mike Nichols deixou a sua cidade no ano de 1939, juntamente com sua família, devido à Segunda Guerra Mundial. É uma das poucas pessoas do meio do cinema que ganhou prêmios nas quatro mais importantes premiações do showbizz americano: Óscar, Emmy, Grammy e Tony. Apenas Audrey Hepburn, Barbra Streisand, Mel Brooks e Rita Moreno também conseguiram tal feito. Ele começou sua carreira nos anos de 1950. Em 1968 ele ganhou o Oscar de Melhor Diretor pelo o filme The Graduate. Dentre seus outros filmes destacam-se Quem Tem Medo de Virginia Woolf?, Carnal Knowledge, Working Girl, a minissérie de televisão Angels in America. Ele também foi produtor de produções teatrais. 
NASCIMENTO: 6 de novembro de 1931 - Berlim, Alemanha. 
MORTE: 20 de novembro de 2014 - Nova York, EUA. 
CAUSA DA MORTE: Infarto do miocárdio. 
OBS: A morte foi anunciada em nota assinada pelo presidente da ABC News, James Goldston. Nichols era casado com Diane Sawyer, apresentadora do jornal.

MORTE DE ROBERTO BOLAÑOS


NOME: Roberto Gómez Bolaños (85 anos) 
QUEM FOI: Ator, escritor, comediante, dramaturgo, compositor e diretor de televisão mexicano. Ficou conhecido mundialmente pela criação das séries televisivas El Chavo del Ocho (Chaves aqui no Brasil) e Chapolin Colorado, e com o Programa Chespirito que ganhou o título de o programa número 1 da televisão humorística, as quais lhe trouxeram grande prestígio e garantiram-lhe o reconhecimento como um dos escritores comediantes mais respeitados do mundo. Era sobrinho do ex-presidente mexicano Gustavo Díaz Ordaz Bolaños (1911-1979). Por causa de seus roteiros recorrentes, os programas se tornaram sucesso em todo o mundo, graças a simpatia de Roberto Gómez Bolaños e do grupo de atores em distintas épocas formado por Carlos Villagrán, Ramón Valdés, Florinda Meza, Rubén Aguirre, Édgar Vivar, Angelines Fernandez, Raúl Padilla, Horacio Gómez Bolaños e María Antonieta de las Nieves, que também encontraram a fama internacional. Em 1980, seus sketches criaram um programa de uma hora semanal chamado de "Programa Chespirito", e permaneceu no ar até 1995. Depois de 27 anos convivendo com Florinda Meza, a atriz que interpretava a maioria dos personagens femininos inclusive a Dona Florinda, Bolaños casou-se com ela, no dia 19 de novembro de 2004, e comemorou com uma grande festa num restaurante da Cidade do México. Ele teve 6 filhos do primeiro casamento, mas nenhum com Florinda, por ter feito uma vasectomia. 
NASCIMENTO: 21 de fevereiro de 1929 - Cidade do México, México. 
MORTE: 28 de novembro de 2014 - Cancún, México. 
CAUSA DA MORTE: Parada cardíaca devida a insuficiência respiratória.
OBS: O comediante sofria de problemas respiratórios crônicos (foi fumante por 40 anos) e tinha mobilidade reduzida.

MORTE DE J.R.R. TOLKIEN


NOME: John Ronald Reuel Tolkien (81 anos) 
QUEM FOI: Premiado escritor, professor universitário e filólogo britânico, nascido na África, que recebeu o título de doutor em Letras e Filologia pela Universidade de Liège e Dublin, em 1954, e autor das obras como O Hobbit, O Senhor dos Anéis e O Silmarillion.4 Em 1972 Tolkien foi nomeado Comandante da Ordem do Império Britânico pela Rainha Elizabeth II. Participou ativamente da Primeira Guerra Mundial, onde começou a escrever os primeiros rascunhos do que se tornaria o seu "mundo secundário", complexo e cheio de vida, denominado Arda, palco das suas mundialmente famosas obras como “O Hobbit”, “O Senhor dos Anéis” e “O Silmarillion”, esta última, sua maior paixão, postumamente publicada, que é considerada a sua principal obra, embora não a mais famosa.
NASCIMENTO: 3 de janeiro de 1892 - Bloemfontein, África do Sul.  
MORTE: 2 de setembro de 1973 - Bournemouth, Inglaterra. 
CAUSA DA MORTE: Complicações de uma úlcera. 
OBS: Aos 81 anos de idade, então, nas primeiras horas do domingo de 2 de setembro de 1973, J. R. R. Tolkien faleceu na Inglaterra. Sepultado junto com a esposa, no Cemitério de Wolvercote, no túmulo feito de granito da Cornualha.

MORTE DE ABID JATENE


NOME: Adib Domingos Jatene (85 anos) 
QUEM FOI: Médico (cirurgião torácico), professor universitário, inventor e cientista brasileiro. Um dos pioneiros da cirurgia cardíaca no Brasil. Filho de imigrantes árabes, formou-se em medicina na Universidade de São Paulo, onde viria se tornar depois, professor. Conhecido e respeitado internacionalmente, além das dezenas de inovações no meio médico, como o inventor de uma cirurgia do coração, que leva seu nome, para tratamento da transposição das grandes artérias em récem-nascidos, e do primeiro coração-pulmão artificial do Hospital das Clínicas. Quando criança, a família se mudou para Uberaba, em Minas Gerais, e, depois, para São Paulo. Na capital paulista, estudou na Universidade de São Paulo (USP), formando-se aos 23 anos pela Faculdade de Medicina. A residência e pós-graduação foram feitas no Hospital das Clínicas da mesma faculdade, sob a orientação do professor Euríclides de Jesus Zerbini (1912-1993), pioneiro dos transplantes de coração no país. Com mais de 20 mil cirurgias no currículo, se destacou também por ter sido o primeiro a realizar a cirurgia de ponte de safena no Brasil e por ter inventado aparelhos e equipamentos médicos. 
NASCIMENTO: 4 de junho de 1929 - Xapuri, AC, Brasil. 
MORTE: 14 de novembro de 2014 - São Paulo, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Infarto agudo do miocárdio.  
OBS: Dono de uma coleção particular de quadros, com obras de Di Cavalcanti, Alfredo Volpi e Tarsila do Amaral, presidiu o conselho deliberativo do Museu de Arte de São Paulo (Masp). Jatene foi secretário estadual de Saúde no governo Paulo Maluf e duas vezes ministro da Saúde, durante o Governo Collor e, a última delas, no governo de Fernando Henrique Cardoso. Foi membro da Academia Nacional de Medicina. Seu corpo foi velado no anfiteatro do Hospital do Coração, em São Paulo e sepultado no mesmo dia no Cemitério do Araçá.

MORTE DE VON KARAJAN


NOME: Heribert Ritter von Karajan (81 anos) 
QUEM FOI: Mais conhecido por Herbert von Karajan, foi um maestro da Áustria, e um dos maestros de maior destaque do período pós-guerra. Ele passou 27 anos de sua vida à frente da Orquestra Filarmônica de Berlim. Seu estilo na regência foi marcado por perfeccionismo, intensidade, introversão e exibicionismo. Era um prodígio no piano desde cedo. Começou a aprender o instrumento com Franz Ledwinka, em 1912. Estudou de 1916 a 1926 no Mozarteum, onde foi encorajado a estudar regência. Entre 1926 e 1928, foi estudante da Escola Técnica de Viena e, entre 1926 e 1929, foi estudante da Escola de música e Artes de Viena, onde graduou-se em regência. Ainda em 1933, tornou-se membro do Partido Nazista em Salzburgo, em 8 de abril. Em junho, o partido foi proibido pelo governo austríaco. Entretanto, a validade de sua inscrição se manteve até 1939. Nesse ano, antigos membros austríacos foram verificados pelo oficial geral do partido e a inscrição de Karajan foi considerada inválida, por irregularidades no pagamento das mensalidades. Entretanto, sua inscrição foi reativada e datada a 1 de maio de 1933, em Ulm. Posteriormente, judeus como Isaac Stern, Arthur Rubinstein e Itzhak Perlman se recusaram a participar de concertos com Karajan por seu histórico. Richard Tucker também recusou uma gravação de Il trovatore em 1956 quando soube que Karajan conduziria. Foi somente após a morte do maestro, em 1989, que a Orquestra Filarmônica de Berlim pôde se apresentar em Israel. 
NASCIMENTO: 5 de abril de 1908 - Salzburgo, Áustria 
MORTE: 16 de julho de 1989 - Anif, Áustria. 
CAUSA DA MORTE: Ataque cardíaco. 
OBS: Karajan faleceu em sua casa em Anif. Seu corpo encontra-se sepultado no Cemitério Anif, Anif, Salzburgo, na Áustria.

MORTE DE WILT CHAMBERLAIN


NOME: Wilton Norman Chamberlain (63 anos) 
QUEM FOI: Jogador de basquetebol norte-americano. Será sempre lembrado como um dos maiores jogadores de basquetebol de todos os tempos. Além de vencer o título da NBA em duas oportunidades (1967 e 1972), Wilt Chamberlain também quebrou diversos recordes individuais da NBA em pontos e rebotes: É o único jogador em todos os tempos a fazer mais de 100 pontos em um jogo e o único a ter média de mais de 40 ou 50 pontos por jogo em uma temporada. Já foi o líder da NBA em pontos e rebotes por jogo 11 vezes, por 9 vezes teve a melhor taxa de acertos (field-goal) e até já foi líder em assistências uma vez (1968), fato incomum para um jogador de sua posição. Em toda história da NBA, é o único jogador a ter média de mais de 30 pontos e 20 rebotes por jogo em uma temporada. 
NASCIMENTO: 21 de agosto de 1936 - Pennsylvania, EUA. 
MORTE: 12 de outubro de 1999 - Estados Unidos. 
CAUSA DA MORTE: Ataque cardíaco.  
OBS: Após o fim da carreira chegou a atuar com Arnold Schwarzenegger como um guerreiro em Conan, o Destruidor de 1984. Faleceu em decorrência de um ataque cardíaco aos 63 anos, sem nunca ter se casado nem tido filhos.

MORTE DE SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA


NOME: Fernão de Bulhões (c.36 anos) 
QUEM FOI: Também conhecido como Santo Antônio de Lisboa, foi um Doutor da Igreja que viveu na viragem dos séculos XII e XIII. Primeiramente foi frade agostinho no× Convento de São Vicente de× Fora, em Lisboa, indo posteriormente para o Convento de Santa Cruz, em Coimbra, onde aprofundou os seus estudos religiosos através da leitura da Bíblia e da literatura patrística, científica e clássica. Tornou-se franciscano em 1220 e viajou muito, vivendo inicialmente em Portugal, depois na Itália e na França. No ano de 1221 fez parte do Capítulo Geral da Ordem de Assis, a convite do próprio Francisco, o fundador, que o convidou também a pregar contra os albigenses em França. Foi transferido depois para Bolonha e de seguida para× Pádua, onde morreu aos 36 (ou 40) anos. A sua fama de santidade levou-o a ser canonizado pela Igreja Católica pouco depois de falecer, distinguindo-se como teólogo, místico, asceta e sobretudo como notável orador e grande taumaturgo. Santo Antônio de Lisboa é também tido como um dos intelectuais mais notáveis de Portugal do período pré-universitário. Tinha grande cultura, documentada pela coletânea de sermões escritos que deixou, onde fica evidente que estava familiarizado tanto com a literatura religiosa como com diversos aspeCctos das ciências profanas, referenciando-se em autoridades clássicas como Plínio, o Velho, Cícero, Sêneca, Boécio, Galeno e Aristóteles, entre muitas outras. 
NASCIMENTO: c.1195 - Lisboa, Portugal. 
MORTE: 13 de junho de 1231 - Pádua, Itália. 
CAUSA DA MORTE: Hidropsia. 
OBS: Após as pregadas da Quaresma de 1231, Santo Antônio sentiu-se cansado e esgotado. Precisava de repouso. Os frades fizeram para ele um quarto em cima de uma árvore para evitar o contato com os muitos seguidores que queriam visitá-lo. Decidiram então levá-lo a Pádua (Itália). Agasalharam o frei e colocaram em um carro puxado por bois. A viagem era longa. Antônio foi piorando. Pararam em um povoado que havia um convento franciscano. Antônio piorava, precisava ficar sentado pois sofria de falta de ar. Recebeu os sacramentos e se despediu de todos e ainda cantou o bendito: "Ó Virgem gloriosa que estais acima das estrelas..." Depois ergueu os olhos para o céu e disse "Estou vendo o Senhor". Pouco depois morreu.

MORTE DE GERÔNIMO


NOME: Goyaalé (79 anos) 
QUEM FOI: Líder indígena da América do Norte, comandando os apaches chiricahua que, durante muitos anos, guerrearam contra a imposição pelos brancos de reservas tribais aos povos indígenas dos Estados Unidos da América. Seu nome era Goyaalé (traduzindo da língua apache, "O Que Boceja"). Gerônimo era guerreiro de Cochise e depois se opôs a ele quando dos acordos com os norte-americanoss. Tornou-se o mais famoso dos chamados "índios renegados". Resistiu heroicamente, mas se rendeu ao ter uma visão de um trem passando em suas terras. Foi preso e passou 22 anos prisioneiro, até a data de sua morte. O pai de Gerônimo era chamado de Tablishim, Juana era o nome da mãe. Ele foi educado de acordo com a tradição Apache. Casou com uma mulher Chiricauhua e teve três filhos. Em 5 de março de 1851, uma companhia de 400 soldados de Sonora, liderados pelo Coronel José Maria Carrasco atacou o acampamento de Gerônimo. No ataque foram mortos a esposa de Gerôonimo, Alope, seus filhos e mãe. O chefe da tribo, Mangas Coloradas, juntou-se à tribo de Cochise, que estava em guerra contra os mexicanos. Foi nessa época que se acredita ter Geronimo ganhado seu apelido, que seria uma referência dos mexicanos a São Jerônimo, depois de ele matar vários soldados à faca em uma batalha. 
NASCIMENTO: 16 de junho de 1829 - Bedonkohe, México. 
MORTE: 17 de fevereiro de 1909 - Fort Sill, EUA. 
CAUSA DA MORTE: Pneumonia.  
OBS: Gerônimo nunca retornou à terra onde nasceu; morreu de pneumonia em Sill, em 1909, e foi enterrado como prisioneiro de guerra.

MORTE DE HUGO CARVANA


NOME: Hugo Carvana de Hollanda (77 anos) 
QUEM FOI: Ator e diretor de cinema e televisão brasileiro. Ao longo da carreira, iniciada em 1955, Hugo Carvana ficou marcado por retratar o típico "malandro carioca" em suas comédias de costumes. Foi ator de mais de 50 filmes. Dentre as produções que dirigiu, estão "Vai trabalhar, vagabundo" (1973), "Se segura, malandro" (1977), "Bar Esperança, o último que fecha" (1982), "O homem nu" (1996), "Casa da mãe Joana" (2007) e "Não se preocupe, nada vai dar certo" (2009). Na TV Globo, atuou também em novelas como "Corpo a corpo" (1984), "Roda de fogo" (1986), "O dono do mundo" (1991), "De corpo e alma" (1992), "Fera ferida" (1993), "Celebridade" (2003) e "Paraíso tropical" (2007). Um de seus papéis mais conhecidos foi o do repórter policial Pena, do seriado "Plantão de polícia" (1979-1981). 
NASCIMENTO: 4 de junho de 1937 - Rio de Janeiro, Brasil. 
MORTE: 4 de outubro de 2014 - Rio de Janeiro, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Complicações de um câncer de pulmão. 
OBS: O corpo de Hugo foi cremado em cerimônia fechada para a família no Memorial do Carmo, no Caju, Zona Portuária.

MORTE DE MIGUEL REALE


NOME: Miguel Reale (95 anos) 
QUEM FOI: Filósofo, jurista e educador. Foi um dos líderes do integralismo no Brasil e ideólogo da Ação Integralista Brasileira. Posteriormente, defendeu o liberalismo social. Formou-se pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (1934), onde foi professor catedrático (1941) e reitor da universidade (1949 — 1950; 1969 — 1973). É autor, entre outros, de Filosofia do Direito e de Lições Preliminares do Direito, obras clássicas do pensamento filosófico-jurídico brasileiro. Ficou conhecido como formulador da teoria tridimensional do direito, na qual os elementos da tríade fato, valor e norma jurídica compõem o conceito de direito. Ocupou a cadeira 14 da Academia Brasileira de Letras, a partir de 16 de janeiro de 1975. Escreveu coluna quinzenal no jornal O Estado de S. Paulo, na qual tratou de questões filosóficas, jurídicas, políticas e sociais da atualidade. Em 1969 foi nomeado pelo presidente Artur da Costa e Silva para a “Comissão de Alto Nível”, incumbida de rever a Constituição de 1967. Resultou desse trabalho parte do texto da Emenda Constitucional nº 1, de 17 de outubro de 1969, que consolidou o regime militar no Brasil.
NASCIMENTO: 6 de novembro de 1910 - São Bento do Sapucaí, SP, Brasil.  
MORTE: 14 de abril de 2006 - São Paulo, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Infarto do miocárdio. 
OBS: Miguel Reale sofreu um infarto em sua residência, na região dos Jardins, na zona sul de São Paulo. O velório foi realizado na casa da família e o sepultamento no Cemitério São Paulo, na zona oeste.