MORTE DE JOSÉ WILKER

 
NOME: José Wilker de Almeida (66 anos) 
QUEM FOI: Ator, diretor, narrador, apresentador e crítico de cinema brasileiro. Começou a carreira como locutor de rádio no Ceará, onde nasceu, e se mudou para o Rio de Janeiro aos dezenove anos. Seu primeiro filme foi em 1965, A Falecida com uma participação não creditada, o filme ainda contava com Fernanda Montenegro como protagonista. Em 1979, esteve no elenco do filme Bye Bye Brasil e em 1985, no elenco de O Homem da Capa Preta. Com uma extensa carreira também no cinema, Wilker atuou em 49 filmes, como "Bye Bye Brasil", "Dona Flor e Seus Dois Maridos", "Jango" e "Giovanni Improtta" - baseado em seu famoso personagem da novela "Senhora do Destino". Wilker também trabalhou como diretor, tendo sido o responsável por "Giovanni Improtta" e pelo seriado "Sai de Baixo", da Globo. Ele também dirigiu as novelas "Louco Amor", de 1983, e "Transas e Caretas", de 1984, assim como a peça de teatro "Rain Man". O último trabalho do ator foi na novela "Amor à Vida", em que ele interpretou o médico Herbert. Antes disso, ele havia atuado em outra novela de Walcyr Carrasco, "Gabriela". Ao todo, Wilker atuou em 29 novelas, incluindo sucessos como "Roque Santeiro", "O Salvador da Pátria", "Anos Rebeldes" e "A Próxima vítima". 
NASCIMENTO: 20 de agosto de 1947 - Juazeiro do Norte, CE, Brasil. 
MORTE: 5 de abril de 2014 - Rio de Janeiro, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Infarto fulminante (enquanto dormia). 
OBS: Faleceu em casa, no Rio de Janeiro, enquanto dormia.Deixou as filhas Isabel, Mariana e Madá. Ele foi casado quatro vezes, com as atrizes  Renée de Vielmond, Mônica Torres e Guilhermina Guinle e com a jornalista Claudia Montenegro.

MORTE DE JAMES REBHORN


NOME: James Robert Rebhorn (65 anos) 
QUEM FOI: Ator norte-americano. Devoto Luterano, estudou ciência política na Universidade Wittenberg em Springfield, Ohio. Enquanto estava lá, foi membro da fraternidade Lambda Chi Alpha. Depois de se formar em 1970, Rebhorn mudou-se para Nova York, onde fez um mestrado em Belas Artes em atuação a partir da Escola de Artes da Universidade Columbia e ingressou na cena teatral metropolitana. Entre seus cerca de 100 papéis, estão atuações na série "Homeland" e no filme "Independence Day. 
NASCIMENTO: 1 de setembro de 1948 - Filadélfia, EUA. 
MORTE: 21 de março de 2014 - Nova Jersey, EUA.
CAUSA DA MORTE: Câncer de pele.
OBS: Redhorn morreu em casa, em South Orange,NJ, EUA.

MORTE DE CANARINHO


NOME: Aloísio Ferreira Gomes (86 anos) 
QUEM FOI: Humorista brasileiro, conhecido por suas participações no programa A Praça é Nossa. Antes mesmo de participar do humoristico, porém, tinha sido apresentador do programa Clube dos Artistas (1950-1951). Em 1947 já era cantor profissional, cantando na Rádio Excelsior da Bahia. Chegou à cidade de São Paulo em dezembro de 1955 com o Conjunto de samba do Internacional Russo do Pandeiro. Canarinho foi colunista de esportes do jornal Folha da Manhã e ganhou notoriedade ao participar do programa humorístico denominado Praça da Alegria no ano de 1956, tornando-se um comediante instantâneo. Após sair do programa, começou a fazer shows humorísticos. Logo em seguida, tornou-se um dos participantes do programa Praça Brasil. Participou também da primeira versão da série Sítio do Pica-Pau Amarelo, exibida pela Rede Globo nos fins dos anos 70 e até meados dos anos 80, onde interpretava o personagem "Garnizé", fazendo parceria com Tonico Pereira, que interpretava o personagem "Zé Carneiro". 
NASCIMENTO: 29 de dezembro de 1927 - Salvador, BA, Brasil. 
MORTE: 21 de março 2014 - Mogi das Cruzes, SP, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Infarto do miocárdio
OBS: Canarinho morreu de infarto agudo do miocárdio, no Hospital Santana, em Mogi das Cruzes, onde estava internado havia cinco dias.

MORTE DE PAULO GOULART


NOME: Paulo Afonso Miessa (81 anos) 
QUEM FOI: Ator brasileiro. Ao longo de sua carreira, iniciada quando ainda era adolescente, Goulart destacou-se por seus trabalhos em novelas como “Plumas e paetês” (1980), “Roda de fogo” (1986) e “O dono do mundo” (1991). Ele também participou de filmes como “Rio zona norte” (1957), “O grande momento” (1958), “Gabriela, cravo e canela” (1983) e “Para viver um grande amor” (1983). Paulo Goulart foi casado com a atriz Nicette Bruno, com quem se casou logo após conhecê-la em 1952. Ambos professam seguir os ensinos do Espiritismo há décadas, juntamente com seus filhos. Paulo e Nicette moraram em Curitiba no início dos anos de 1960, quando foram convidados por Cláudio Corrêa e Castro para lecionar teatro e fazerem parte do primeiro grupo do recém criado Teatro de Comédia do Paraná. Sua última novela foi Morde & Assopra em 2011, ano que já sofria do câncer. Seu último papel na TV foi um papel na série Louco por Elas em 2012 desde então ficou sem fazer mais novelas e começou cuidar de si mesmo na luta contra o cancêr. 
NASCIMENTO: 9 de janeiro de 1933 - Ribeirão Preto, SP, Brasil. 
MORTE: 13 de março de 2014 - São Paulo, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Câncer renal avançado. 
OBS: Paulo estava internado no hospital São José, na região central da cidade. Entre agosto e outubro de 2012, ele ficou internado devido a um câncer renal que se espalhou para os pulmões. Segundo nota do hospital, Goulart morreu às 13h15, "decorrente de um câncer renal avançado". O corpo do ator foi velado no Theatro Municipal de São Paulo. O sepultamento foi no Cemitério da Consolação, também em São Paulo.

MORTE DE HAROLD RAMIS

 

NOME: Harold Ramis Allen (69 anos) 
QUEM FOI: Diretor de cinema e ator norte-americano. cineasta nascido em Chicago, nos EUA, dirigiu e coescreveu "Feitiço do tempo" (1993), pelo qual ganhou um BAFTA de melhor roteiro original, "Clube dos pilantras" (1980), "Férias frustradas" (1983), "Máfia no divã" (1999) e "Máfia volta ao divã" (2002), entre outros. Ele foi um dos roteiristas de "O clube dos cafajestes", de 1978. Entre os filmes em que atuou e também roterizou estão "Os caça-fantasmas" (1984), com Bill Murray e Dan Aykroyd, em que interpretou o Dr. Egon Spengler, a sequência "Os caça-fantasmas 2" (1989), "Recrutas da pesada" (1981) e "Presente de grego" (1987). Ele também fez papéis menores em "Ligeiramente grávidos" (2007) e "Melhor é impossível" (1997). Harold Ramis também escreveu programas da série de TV "Os caça-fantasmas" e dirigiu episódios de "The office". 
NASCIMENTO: 21 de novembro de 1944 - Chicago, EUA. 
MORTE: 24 de fevereiro de 2014 - Chicago, EUA. 
CAUSA DA MORTE: Complicações da auto-imune inflamatória vasculite. 
OBS: Em maio de 2010, Ramis contraiu uma infecção, que resultou em complicações da auto-imune inflamatória vasculite . Ele perdeu a capacidade de andar,. Após reaprender a fazê-lo, ele sofreu uma recaída da doença no final de 2011.

MORTE DE PACO DE LUCIA


NOME: Francisco Sánchez Gómez (66 anos) 
QUEM FOI: Guitarrista espanhol de flamenco reconhecido internacionalmente. Fez carreira como compositor, produtor e guitarrista. Tornou-se um músico mundialmente conhecido, que teve o mérito de, ao lado de Camarón de la Isla, modernizar e popularizar mundialmente a música flamenca tradicional, combinando-a com o jazz e outros gêneros, como a bossa-nova brasileira e a música erudita. Ele começou a tocar aos 7 anos, com o instrumento do pai. Ganhou seu apelido por conta de sua mãe portuguesa, sendo chamado, na infância, de "Paco, el de Lucía" (Paco, o filho de Lucía), como se costumava fazer na Andaluzia. Discípulo de Niño Ricardo e de Sabicas, e respeitado por músicos de jazz, rock e blues por seu estilo próprio, alcançou, entre muitos outros reconhecimentos, um Grammy para o melhor álbum de flamenco em 2004; o Prêmio Nacional de Guitarra de Arte Flamenco; a Medalha de Ouro ao Mérito das Belas Artes em 1992; o Prêmio Pastora Pavón La Niña de los Peines de 2002; e o Prêmio Honorário da Música de 2002. 
NASCIMENTO: 21 de dezembro de 1947 - Algeciras, Espanha. 
MORTE: 26 de fevereiro de 2014 - Cancún, México. 
CAUSA DA MORTE: Infarto do miocárdio. 
OBS: O músico estava morando na cidade espanhola de Toledo e passava temporadas em Cancún, no México, onde praticava pesca submarina.


MORTE DE ANNA GORDY


NOME: Anna Gordy Gaye Rubi (95 anos) 
QUEM FOI: Compositora e empresária norte-americana, irmã do fundador da gravadora Motown, Berry Gordy, e ex-esposa do músico Marvin Gaye. Anna fundou seu próprio selo fonográfico, Anna Records, com o qual editou um dos maiores hits do soul, "Money (That's what I want)", lançado em 1960 por Barrett Strong. Posteriormente, o selo foi absorvido pela Motown, criada por seu irmão Berry Gordy. Após casar-se com Marvin Gaye em 1964, eles compuseram juntos para a Motown músicas de sucesso na década de 1960, como "Baby I'm for real" e "The bells", além de outras popularizadas por grupos como The Supremes, The Miracles e o próprio Gaye. Ela consta nos créditos como coautora de várias músicas do lendário disco de Gaye de 1971 "What's going on". Após um tumultuado casamento, no qual tiveram um filho, Marvin Gaye III, eles se divorciaram em 1976. Em 1979, Marvin Gaye lançou o disco "Here, my dear', que a justiça ordenou ao cantor que gravasse para pagar a pensão alimentícia de seu filho, após um controvertido processo de divórcio. 
NASCIMENTO: 28 de janeiro de 1922 - Milledgeville, Geórgia, EUA. 
MORTE: 31 de janeiro de 2014 - Los Angeles, CA, EUA. 
CAUSA DA MORTE: Causas naturais. 
OBS: Anna faleceu em casa.

MORTE DE WALDIK SORIANO


NOME: Eurípedes Waldick Soriano (75 anos) 
QUEM FOI: Cantor e compositor Brasileiro, ícone da música classificada como brega. Nascido em Caetité - Bahia, filho de Manuel Sebastião Soriano, comerciante de ametistas no distrito de Brejinho das Ametistas, em sua cidade natal. Fato marcante de sua infância foi o abandono do lar pela mãe, a quem era muito apegado. Em Caetité viveu sua juventude, sempre boêmia, até um incidente num clube local, que o fez buscar o destino fora da cidade. Desde muito novo era um inveterado namorador e aventureiro e, seguindo o caminho de muitos sertanejos, foi tentar a vida em São Paulo. Antes de ingressar na carreira artística, trabalhou como lavrador, engraxate e garimpeiro. Apesar das dificuldades, conseguiu se tornar conhecido nos anos 50 com a música "Quem és tu?". Seu maior sucesso foi "Eu não sou cachorro não", que foi regravada em inglês macarrônico por Falcão. Também se tornaram conhecidas outras músicas suas, tais como "Paixão de um Homem", "A Carta", "A Dama de Vermelho" e "Se Eu Morresse Amanhã". 
NASCIMENTO: 13 de maio de 1933 - Caetité, BA, Brasil. 
MORTE: 4 de setembro de 2008 - Rio de Janeiro, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Câncer de próstata (metástase). 
OBS: Waldick teve diagnosticado um câncer de próstata em 2006. Em 2 de julho de 2008 foi divulgado que seu estado de saúde era grave, pois já ocorrera metástase da doença. Veio a falecer em 4 de setembro no Instituto Nacional do Câncer (Inca), em Vila Isabel, zona norte do Rio de Janeiro. Foi sepultado no Cemitério do Caju,no Rio.

MORTE DE MAURÍCIO REIS


NOME: João Maurício da Costa (58 anos) 
QUEM FOI: Cantor Brasileiro. Era representante do estilo conhecido como brega. Em 29 anos de carreira, gravou 27 álbuns, entre LPs e CDs. Seu LP Fim de Noivado (1973), curiosamente, que contém "Verônica", foi produzido por Luís Paulo e Hyldon Souza — autor de "Na rua, na chuva, na fazenda" — sucesso regravado já nos anos 2000 pela banda Kid Abelha — e "As Dores do Mundo". 
NASCIMENTO: 1942 - Santa Rita, PB, Brasil. 
MORTE: 22 de julho de 2000 - Bonito, PE, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Edema pulmonar agudo decorrente de acidente de carro.  
OBS: O acidente foi causado pelas fortes chuvas que caíam na região de Bonito que inundou a pista da PE-109 e provocando a derrapagem que jogou seu carro na barragem do Prata. O cantor viajava no banco do passageiro e sofreu um grande impacto quando o Tempra afundou na rodovia inundada. Muito nervoso, teve dificuldade para sair do veículo. Ainda respirando foi carregado pelos demais ocupantes do automóvel. Eles conseguiram ajuda de moradores da região, que jogaram uma corda para facilitar o resgate. Minutos depois, uma ambulância chegou para transportar o músico para um hospital de Bonito. Por conta dos buracos, o carro de socorro teve o pneu furado. Maurício Reis mudou de condução, sendo levado na caçamba de uma Toyota. O músico não resistiu.

MORTE DE PHILIP SEYMOUR HOFFMAN


NOME: Philip Seymour Hoffman (46 anos) 
QUEM FOI: Ator e diretor teatral norte-americano. Iniciou sua carreira na televisão, em 1991, e no ano seguinte começou a aparecer no cinema. Gradualmente conquistou reconhecimento por seu trabalho como ator coadjuvante em diversos filmes célebres, como Scent of a Woman, de 1992, Twister, de 1996, Boogie Nights, de 1997, Happiness e O Grande Lebowski), de 1998, Magnolia e The Talented Mr. Ripley de 1999, Quase Famosos, de 2000, 25th Hour e Punch-Drunk Love, de 2002, e Cold Mountain, de 2003. Hoffman também é um premiado ator e diretor teatral. Passou a fazer parte da LAByrinth Theater Company em 1995, e desde então dirigiu e atuou em diversas produções Off-Broadway. Suas atuações em duas peças da Broadway lhe renderam duas indicações ao Prêmio Tony; uma de melhor ator, em True West (2000), e outra de melhor ator coadjuvante em Long Day's Journey into Night (2003). 
NASCIMENTO: 23 de julho de 1967 - Fairport, NY, EUA. 
MORTE: 2 de fevereiro de 2014 - Nova York, EUA. 
CAUSA DA MORTE: Possível overdose. 
OBS: Enquanto estava em fase de gravação de dois filmes (um deles sendo a continuação da série Jogos Vorazes), Philip Hoffman foi encontrado morto, no banheiro de seu apartamento em Manhattan, com uma agulha inserida em um de seus braços. Acredita-se que sua morte foi causada por overdose, já que Philip esteve envolvido com drogas quando mais jovem e remédios controlados durante um bom tempo de sua vida.

MORTE DE ARISTÓTELES ONASSIS


NOME: Aristóteles Sócrates Onassis (69 anos) 
QUEM FOI: Empreendedor e magnata grego. Onassis adquiriu sua fortuna como empresário de marinha mercante, tornando-se o empresário mais famoso do mundo. Em 1927, partiu em direção à Argentina como refugiado, onde tentaria uma nova vida. Em Buenos Aires, falsificou sua identidade para "envelhecer" seis anos e ter condições legais de trabalhar. Tornou-se telefonista e, nas horas vagas, estudava por conta própria o mercado financeiro. Seu contato com a terra natal aumentou, e ele decidiu mas manter-se na exportação de tabaco (que ele tinha iniciado há alguns anos). Para ampliar sua capacidade de transporte de tabaco, obteve empréstimos e comprou dois navios no Canadá. Foi ampliando sua frota que as operações mercantis que se tornou milionário. Na década de 1970, o jornal britânico The Times considerou a fortuna do bilionário grego "inmensurável" e Onássis tornou-se o homem mais rico do mundo. 
NASCIMENTO: 15 de janeiro de 1906 - Esmirna, Grécia, Hoje, Turquia. 
MORTE: 15 de março de 1975 - Neuilly-sur-Seine, França. 
CAUSA DA MORTE: Complicações cirúrgicas para tratar de miastenia grave. 
OBS: A saúde de Aristóteles começou a enfraquecer e ele faleceu  devido a complicações após uma cirurgia para tratar uma pneumonia e uma miastenia grave. Encontra-se sepultado na Ilha de Skorpios, Ilha Ionian na Grécia. Sua fortuna ficou com Christina Onassis, sua única filha. Ela se suicidou em Buenos Aires em 1988, e a neta Athina Roussel acabou herdando a fortuna estimada em US$ 30 bilhões. 


MIASTENIA GRAVE é uma doença auto-imune caracterizada pelo surgimento de episódios de debilidade muscular como resultado de uma anormalidade no funcionamento da junção neuromuscular. Nessa doença, o sistema imune produz anticorpos que atacam os receptores localizados no lado muscular da junção neuromuscular. Os receptores lesados são os que recebem impulso nervoso por meio da ação da acetilcolina, que é um neurotransmissor.

MORTE DE MÁRCIO VIP ANTONUCCI


NOME: Márcio Augusto Antonucci (68 anos) 
QUEM FOI: Cantor, músico brasileiro da dupla "Os Vips" e diretor musical. Também era chamado de Márcio Vip Antonucci. Além da dupla musical com o irmão Ronald, Márcio também foi diretor de Programas e diretor Musical da Rede Globo, diretor musical da TV Record, diretor de programas do SBT. Os Vips começaram a carreira em meados dos anos 60, junto de outros grandes nomes da Jovem Guarda. Uma das primeiras gravações foi "Menina linda", versão de "I should have known better", dos Beatles - de quem fariam várias outras versões. Em 1966 lançaram a música pela qual ficariam mais conhecidos, "A volta", composta por Roberto Carlos e Erasmo Carlos. A dupla parou de se apresentar nos anos 70. Em 1990 eles voltaram a se apresentar e gravaram discos ao vivo de sucesso pela Som Livre nos dois anos seguintes. Márcio e o irmão ainda faziam shows com artistas da Jovem Guarda. 
NASCIMENTO: 23 de novembro de 1945 - São Paulo, Brasil. 
MORTE: 20 de janeiro de 2014 - Angra dos Reis, RJ, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Infecção generalizada. 
OBS: Márcio estava internado há alguns dias em um hospital em Angra dos Reis (RJ), com pneumonia que evoluiu para um quadro de infecção generalizada.


MORTE DE CLAUDIO ABBADO


NOME: Claudio Abbado (80 anos) 
QUEM FOI: Maestro italiano. Serviu como diretor musical da casa de ópera La Scala, de Milão, como principal regente da Orquestra Sinfônica de Londres, principal maestro convidado da Orquestra Sinfônica de Chicago, diretor musical da Ópera Estatal de Viena, e maestro principal da Orquestra Filarmônica de Berlim de 1989 a 2002. Tais cargos por ele assumidos o colocam na posição de um dos mais renomados e reconhecidos maestros dos séculos XX e XXI. Fundou, no fim da década de 1970, a Orquestra Jovem da União Europeia. Filho de pai violinista e professor de conservatório, e de mãe pianista, em 1958, ele estreou como diretor em Trieste. Abbado é visto na Itália como um diretor "revolucionário" por seus projetos para levar música clássica às prisões e pediatrias de hospitais, ao considerar que "a educação musical é, na realidade, a educação do homem". 
NASCIMENTO: 26 de junho de 1933 - Milão, Itália. 
MORTE: 20 de janeiro de 2014 - Bolonha, Itália. 
CAUSA DA MORTE: Complicações de um câncer de estômago. 
OBS: Em 2000, o maestro iniciou uma luta contra um câncer no estômago.


MORTE DE JOHNNY WEISSMULLER


NOME: János Weißmüller (79 anos) 
QUEM FOI: Ator e atleta romeno, que atuou fazendo filmes nos Estados Unidos, famoso por interpretar Tarzan, o personagem de ficção criado pelo escritor norte-americano Edgar Rice Burroughs. Weissmuller era filho de uma família de etnia alemã. Sua família emigrou para os Estados Unidos quando Johnny tinha apenas sete meses de idade. Antes de entrar para o cinema, Weissmuller teve uma carreira excepcional como desportista, tendo conquistado cinco medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos de 1924 e 1928. Ele estabeleceu 67 recordes mundiais de natação e ganhou 52 campeonatos nacionais, sendo considerado um dos melhores nadadores de todos os tempos. Em 1934 imortalizou no cinema a famosa personagem Tarzan. O cinema transformou Tarzan, já conhecido através dos romances de Edgar Rice Burroughs, em mito universal e Weissmuller fez doze filmes como o homem macaco, celebrizando o famoso e estilizado grito da personagem. Depois de Tarzan, ele interpretou com sucesso a personagem Jim das Selvas na série do mesmo nome, feita para a Columbia entre 1948 e 1955. Foram dezesseis filmes ao todo, com duração média de setenta minutos cada. 
NASCIMENTO: 2 de junho de 1904 - Timişoara, Romênia. 
MORTE: 20 de janeiro de 1984 - Acapulco, México. 
CAUSA DA MORTE: Edema pulmonar.  
OBS: Em 1974 a saúde de Weissmuller começou a declinar, depois que uma queda quebrou seu quadril. Depois disso passou a apresentar sérios problemas cardíacos. Em 1977 passou a sofrer uma série de derrames. Faleceu em Acapulco, no México, e foi sepultado no Panteão Vale da Luz, Acapulco no México. No momento em que seu caixão desceu à cova, foi reproduzido por três vezes, uma gravação do famoso grito de Tarzan, criado por ele e que o imortalizou no cinema.


MORTE DE ELIEZER GOMES


NOME: Eliezer Gomes (58 anos) 
QUEM FOI: Ator brasileiro. Um dos grandes atores negros do cinema brasileiro. Uma de suas mais célebres atuações foi no papel de Tião Medonho, no filme O Assalto ao Trem Pagador (1962). Teve uma infância pobre, órfão aos dezesseis anos de idade, trabalhou como comerciário e estivador. Depois foi funcionário público estadual. 
NASCIMENTO: 2 de abril de 1920 - Conceição de Macabu, RJ, Brasil. 
MORTE: 12 de fevereiro de 1979 - Rio de Janeiro, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Derrame cerebral.  
OBS: Eliezer era protestante e cantor da Igreja Presbiteriana de Madureira. Até então jamais havia aparecido no cinema, foi escolhido num concurso nacional. 


MORTE DE ZÓZIMO BULBUL


NOME: Zózimo Bulbul (76 anos) 
QUEM FOI: Ator, cineasta e roteirista brasileiro. Foi o primeiro ator negro a ter um papel de destaque em uma novela brasileira, "Vidas em Conflito", que foi ao ar em 1969 pela TV Excelsior, em que fazia par romântico com a atriz Leila Diniz. Também dirigiu filmes importantes, como "Abolição" (1988) e o curta "Alma no Olho" (1973), que faz uma metáfora sobre a escravidão. MORTE: 24 de janeiro de 2013 - Rio de Janeiro, Brasil. Bulbul retomou o olhar de diretor com "Pequena África" (2002), "Samba no Trem" (2005) e "República Tiradentes" (2005). Seu mais recente trabalho é o média-metragem "Zona Carioca do Porto" (2006). Nos últimos anos, o artista trabalhou em projetos de oficinas de cinema para estudantes do Senegal e de Cabo Verde. Ele era, ainda, um dos organizadores do Encontro de Cinema Negro Brasil África & Caribe, festival que teve seis edições. 
NASCIMENTO: 1937 - Rio de Janeiro, Brasil. 
MORTE:  24 de janeiro de 2013 - Rio de Janeiro, Brasil.
CAUSA DA MORTE: Parada cardíaca devida a câncer no colo do intestino. 
OBS: O câncer de Zózimo foi diagnosticado em junho de 2012, que tinha se espalhado para o cérebro e a garganta. Ele chegou a fazer uma operação para remover o tumor. Faleceu em seu apartamento, na praia do Flamengo, ao lado da mulher, Biza Vianna, com que era casado havia 30 anos. Foi sepultado no cemitério São Francisco Xavier, no Caju. 


MORTE DE SERGE GAINSBOURG


NOME: Lucien Ginzburg (62 anos) 
QUEM FOI: Músico, cantor e compositor francês. Escreveu canções para diversos intérpretes, dentre os quais destacam-se Juliette Gréco, Françoise Hardy, France Gall, Brigitte Bardot, Jacques Dutronc, Catherine Deneuve, Alain Chamfort, Alain Bashung, Anna Karina, Isabelle Adjani, Vanessa Paradis e para sua esposa Jane Birkin. Era filho de judeus russos que haviam emigrado para a França, fugindo da revolução de 1917. O pai era pianista e tocava em clubes da cidade. Sua carreira deslanchou em 1966, em meio à febre das Ye Ye Girls, quando passou a compor e empresariar a jovem cantora France Gall. Em 1968 começou um affaire com a atriz Brigitte Bardot, com a qual gravou canções memoráveis. Je t'aime moi non plus havia sido composta originalmente para Brigitte, mas ela, insegura com o escândalo que a música poderia causar (e certamente causou), preferiu não lançar o dueto. Serge, por sua vez, encontrou uma substituta à altura: a atriz britânica Jane Birkin, que já havia causado escândalo com cenas de nudez em Blow-Up (filme de Michelangelo Antonioni) e com a qual foi depois casado. Serge foi um talentoso compositor que soube trafegar por diversos ritmos e estilos. Produziu muitas músicas para filmes e trabalhos que vão do jazz ao rock ao funk ao reggae, incluindo um álbum com Sly Dunbar e Robbie Shakespere na Jamaica. 
NASCIMENTO: 2 de abril de 1928 - Paris, França. 
MORTE: 2 de março de 1991 - Paris, França. 
CAUSA DA MORTE: Infarto do miocárdio. 
OBS: Serge foi sepultado no cemitério de Montparnasse, ao lado dos pais. Era notório fumante, sendo sua imagem frequentemente captada em fotos da imprensa fazendo uso de cigarros. Sua vida foi retratada no filme Gainsbourg – O Homem Que Amava as Mulheres, de 2010.



MORTE DE MINORU YAMASAKI


NOME: Minoru Yamasaki (73 anos) 
QUEM FOI: Arquiteto nipo-estadunidense. O seu trabalho mais conhecido é o projeto das torres gêmeas do World Trade Center, Nova York , que foram destruídas nos ataques de 11 de setembro de 2001. Também autor de projetos como a Torre Picasso (Madrid), Edifício do Banco Central da Arábia Saudita, Conjunto Residencial Pruitt-Igoe (Saint Louis, Missouri). Yamasaki cresceu em Auburn, Washington e formou-se a na Garfield Senior High School, em Seattle. Matriculou-se na Universidade de Washington para o curso de arquitetura em 1929, e graduou-se em 1934. Durante seus anos de faculdade, pagou suas mensalidades trabalhando em uma empresa que fabricava salmão em conservas. 
NASCIMENTO: 1 de dezembro 1912 - Seattle, EUA. 
MORTE: 6 de fevereiro 1986 - Michigan, EUA. 
CAUSA DA MORTE: Câncer de estômago. 
OBS: Yamasaki foi o autor do Pruitt-Ingoe, um complexo habitacional em St. Louis, no Estado do Missouri, EUA, de 33 prédios de 11 andares, mas em poucos anos virou uma favela irrecuperável, e depois de décadas de assassinatos, estupros, tráfico de drogas, miséria e degradação, as autoridades resolveram demolir o complexo em 1972.

MORTE DE POL POT


NOME: Saloth Sar (69 anos) 
QUEM FOI: Governante do Camboja, também chamado de Minh Hai. Foi um revolucionário comunista que liderou o Khmer Vermelho, e ficou conhecido por ser responsável pelo genocídio cambojano. Era filho de uma família de camponeses e estudou num mosteiro budista. Nos anos 40 juntou-se à resistência anti-francesa liderada por Ho Chi Minh. Em 1949 tornou-se membro do Partido Comunista Cambojano e viajou para Paris, onde participou em ações revolucionárias. Regressou ao Camboja em 1953, aí passando doze anos a preparar um movimento de guerrilha para o assalto ao regime do rei Sihanouk, o que viria a acontecer em 1975. Uma vez no poder, Pol Pot instituiu um regime radical, empreendendo um verdadeiro genocídio no seio do seu próprio povo. Estima-se que durante o seu regime totalitário tenham morrido 2 milhões de cambojanos, o que corresponde aproximadamente a um quarto da população do país. O processo de eliminação em massa visou em primeiro lugar as populações urbanas e depois todos os suspeitos de atividades contrarrevolucionárias ou de qualquer tipo de desvio ao Ocidente. Em 1979, o regime dos Khmers foi derrubado pela invasão das tropas vietnamitas e Pol Pot foi obrigado a refugiar-se na selva. Daí continuou a liderar e a manobrar o movimento de guerrilha, recusando-se a negociar a paz com o Governo. Em 1981 a rádio oficial do movimento anunciou o seu abandono formal da chefia dos Khmers. 
NASCIMENTO: 19 de maio de 1925 - Indochina Francesa. 
MORTE: 15 de abril de 1998 - Oddar Mean Cheay, Camboja. 
CAUSA DA MORTE: Suposto ataque cardíaco. 
OBS: Pol Pot morreu, oficialmente de ataque cardíaco. Seu corpo foi queimado na área rural do Camboja, com várias centenas de ex-Khmer vermelhos presentes. Durante a revolução do Camboja, Pol Pot rebatizou o país como República Democrática do Kampuchea, e após a invasão de Phnom Penh as pagodas, teatros e museus da cidade viraram chiqueiros para porcos. ele defendia uma sociedade 100% agrária, ordenou a destruição de qualquer rastro de tecnologia. No campo, o trabalho começava ás 4 hs da manhã e terminava ás 10 da noite. os camponeses recebiam 1 xícara de arroz a cada 2 dias. mais de 90% da classe artística foi exterminada.

MORTE DE HO CHI MINH


NOME: Nguyễn Sinh Cung (79 anos) 
QUEM FOI: Primeiro-Ministro da República Democrárica do Vietnã de 1945 a 1955 e ao mesmo tempo Presidente da mesma República do Vietnã, de 1945 a 1969. Posteriormente recebeu o pseudônimo de Ho Chi Minh, que significa "aquele que ilumina". Em 1911 começou a trabalhar como cozinheiro num navio francês, o que lhe deu oportunidade de conhecer vários países, inclusive o Brasil. Aos 21 anos de idade foi para Paris, onde viveu como jardineiro e garçom. Envolveu-se com os movimentos socialistas e ajudou a fundar o Partido Comunista Francês. Quando ocorreram as Conferências de Versalhes, em 1919, para fixar um novo mapa mundial, o jovem Ho Chi Minh, solicitou aos negociadores europeus que fosse dado ao Vietnã um estatuto autônomo. Ninguém lhe deu ouvidos, mas Ho Chi Minh tornou-se um herói para o seu povo. Durante a Segunda Guerra Mundial, com seus companheiros mais próximos, Pahm Van Dong e Nguyen Giap, lutou contra os japoneses e em 2 de setembro de 1945, ocupou Hanói (a capital do norte) e proclamou a independência do Vietnã. A França contra-atacou e a Guerra da Indochina só terminou em 1954, com a vitória do Vietnã. O país foi dividido em dois. Ho Chi Minh, presidente do Vietnã do Norte, treinou e aparelhou as forças da Frente de Libertação Nacional do Vietnã do Sul (Vietcong), que visavam reunificar o país, o que levou à intervenção norte-americana e à Guerra do Vietnã. 
NASCIMENTO: 19 de maio de 1890 - Kiem Lan, Vietnã. 
MORTE: 2 de setembro de 1969 - Kiem Lan, Vietnã. 
CAUSA DA MORTE: Insuficiência cardíaca. 
OBS: Ho Chi Minh morreu em 9:47 na manhã de 2 de setembro de 1969 em Hanói Embora desejasse ser cremado, ele foi embalsamado e seu corpo atualmente encontra-se no seu mausoléu em Hanoi.

MORTE DE EDWARD JENNER


NOME: Edward Jenner (73 anos) 
QUEM FOI: naturalista e médico britânico que clinicava em Berkeley, filho de um vigário anglicano, Edward Jenner, aos 14 anos, tornou-se aprendiz do cirurgião de seu povoado natal. Mais tarde, estudou em Londres. Em 1772, voltou para Berkeley, dedicando-se à medicina onde seria conhecido pela invenção da vacina da varíola - a primeira imunização deste tipo na história do ocidente. Jenner também se dedicou a outras áreas de pesquisa, colecionando fósseis e realizando pesquisas em horticultura. A primeira descrição da arteriosclerose foi dada por Jenner. Afirma-se que os chineses tenham desenvolvido uma técnica de imunização anteriormente a Jenner. Eles trituravam as cascas das feridas produzidas pela varíola, onde o vírus estava presente, porém morto, e sopravam o pó através de um cano de bambu nas narinas das crianças. O sistema imunológico delas produzia uma reação contra o vírus morto e, quando expostas ao vírus vivo, o organismo já sabia como reagir, livrando os pequenos da doença.
NASCIMENTO: 17 de maio de 1749 - Berkeley, Inglaterra. 
MORTE: 26 de janeiro de 1823 - Berkeley, Inglaterra. 
CAUSA DA MORTE: Acidente vascular cerebral - AVC.
OBS: Jenner foi encontrado em estado de Apoplexia, em janeiro de 1823, com o lado direito paralisado. Ele nunca se recuperou totalmente e finalmente faleceu vitimado por um AVC.

MORTE DE ARIEL SHARON


NOME: Ariel Scheinermann (85 anos) 
QUEM FOI: Primeiro Ministro de Israel entre 2001 e 2006. Foi um político e militar de Israel, com ação polêmica na Guerra do Líbano na década de 1980. Foi membro fundador do partido Likud e fundador do partido Kadima. Em pleno exercício do cargo de primeiro-ministro, sofreu um AVC. Desde então, encontrava-se entubado, em estado vegetativo. Foi substituído por Ehud Olmert na chefia do governo. Sharon ingressou ainda jovem na organização militar judaica Haganah, aos 17 anos, tornando-se comandante de unidade na Guerra Árabe-Israelense (1948-1949). Ele lutou desde a criação do Estado, em 1948, obtendo uma reputação de soldado destemido, ficando conhecido por sua atuação dura e pela recusa ocasional em receber ordens. Ficou ferido em combate duas vezes. Como político, ganhou o apelido de "Bulldozer" (escavadeira ou trator), por ser duro com seus adversários e ser capaz de levar seus projetos até o fim. Sharon foi substituído por seu vice, Ehud Olmert, eleito premiê poucos meses depois. 
NASCIMENTO: 27 de fevereiro de 1928 - Kfar Malal, Mandato Britânico da Palestina. 
MORTE: 11 de janeiro de 2014 - Tel Aviv, Israel. 
CAUSA DA MORTE: Insuficiência renal (estava em estado vegetativo depois de sofrer um AVC). 
OBS: Pouco depois de seu derrame, o homem forte de Israel passou a cair no esquecimento, preso a uma cama de hospital e velado pela família. Seu nome era citado apenas de maneira esporádica pela imprensa local. 

MORTE DE GENE KELLY


NOME: Eugene Curran Kelly (83 anos) 
QUEM FOI: Dançarino, ator, cantor, diretor, produtor e coreógrafo norte-americano. Iniciou bem cedo sua carreira na Broadway, com uma aparição no espetáculo "Leave It To Me", de Cole Porter, fazendo o papel de um esquimó, ao lado de Mary Martin. Ao lado de Fred Astaire, Kelly foi um dos expoentes enquanto os Musicais eram o estilo preferido de Hollywood. Foi ator, diretor, produtor e coreógrafo em várias peças e filmes, com passagem pela televisão norte-americana. Seu trabalho mais conhecido, verdadeiro clássico dos musicais, é Cantando na chuva, do qual também foi diretor. Gene Kelly é tema da música "Take Away My Pain" do álbum Falling Into Infinity da banda de heavy metal progressivo norte-americana Dream Theater. 
NASCIMENTO: 23 de agosto de 1912 - Pittsburgh, EUA. 
MORTE: 2 de fevereiro de 1996 - Beverly Hills, EUA. 
CAUSA DA MORTE: Derrame cerebral. 
OBS: A saúde de Kelly ficou bastante fragilizada no final de 1980. Um acidente vascular cerebral em julho de 1994 resultou em uma internação de sete semanas, e um outro AVC no início de 1995 deixou Kelly principalmente acamado em sua casa em Beverly Hills. Ele morreu durante o sono às 8:15 em 2 de fevereiro de 1996, e seu corpo foi cremado, posteriormente, sem qualquer funeral ou serviço memorial. Alguns objetos pessoais de Kelly estão alojados no Centro de Pesquisa de Arquivo Gotlieb Howard, na Universidade de Boston.

MORTE DE MARLY MARLEY


NOME: Marly Marley (75 anos) 
QUEM FOI: Atriz, diretora de teatro, crítica e jurada musical brasileira. Casada com o comediante Ary Toledo há mais de 40 anos, ela foi uma importante vedete no Teatro de Revista. O carnaval sempre foi outra paixão de Marly. Ao longo de dez anos participou de gravações de folias carnavalescas pelo Brasil. Toda a experiência conferiu-lhe vários predicados artísticos e culturais. Produziu e dirigiu peças teatrais, como o O vison voador. Integrou, também, junto com um corpo de veteranos da cultura musical brasileira, o jurado do Programa Raul Gil. Trabalhou por quinze anos como vedete nos teatros de revista. Depois, participou de operetas com Vicente Celestino. Participou ainda de comédias com Dercy Gonçalves, Mazzaropi e José Vasconcelos. Em televisão, Marly passou por várias emissoras como Tupi, Excelsior, Rede Manchete, Band, SBT e Record. No cinema, estrelou três filmes com Mazzaropi, e em duas produções estrangeiras, uma mexicana e outra alemã. 
NASCIMENTO: 5 de abril de 1938 - Três Lagoas, MS, Brasil. 
MORTE: 10 de janeiro de 2014 - São Paulo, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Câncer de pâncreas. 
OBS: Marly faleceu depois de ficar internada por um mês em um hospital de São Paulo devido a um câncer de pâncreas e apresentava metástases.

MORTE DE YUSEF LATEEF


NOME: William Emanuel Huddleston (93 anos) 
QUEM FOI: Músico e compositor norte-americano de jazz multi-instrumentista. Era também educador para a comunidade muçulmana Ahmadiyya, depois de sua conversão ao Ahmadiyya (seita do Islã) em 1950. Passou a usar o nome Yusef Lateef Abdul. Além de saxofonista, ele também tinha domínio da flauta, era tenor, solava no oboé e costumava tocar o fagote. Entre suas composições mais famosas estão "Love theme for Spartacus" e "Morning". Em 1987, Lateef ganhou um Grammy por seu álbum "Yusef Lateef's Little Symphony". Iniciou sua carreira musical, Lateef, que se converteu ao islã em 1948, começou sua carreira em Detroit em companhia do trombonista Curtis Fuller e do baterista Louis Hayes nos anos 50. Posteriormente, em 1960, mudou-se para Nova York, onde trabalhou junto a lendas do jazz como o baixista Charles Mingus e o saxofonista Cannonball Adderley. Na década dos 70, em consequência de seu interesse por outros estilos e após se graduar na Manhattan School of Music, o músico se transferiu para Massachusetts, onde obteve um doutorado e passou a dar aula na Universidade de Amherst. Em 2010 recebeu o maior prêmio dos EUA para um músico de jazz, o National Endowment for the Arts Jazz Master. O jazzista criou sua própria teoria musical, intitulada "música autofisiopsíquica", que ele descrevia como "física, mental, espiritual e também do coração". Em fevereiro de 2011, o músico veio ao Brasil para se apresentar em São Paulo. 
NASCIMENTO: 9 de outubro de 1920 - Tennessee, EUA. 
MORTE: 23 de dezembro de 2013 - Massachusetts, EUA. 
CAUSA DA MORTE: Câncer de próstata. 
OBS: Yusef faleceu confortável e em casa, ao lado de sua família e amigos mais próximos, na cidade de Shutesbury, Massachussets.



MORTE DE GISHIN FUNAKOSHI


NOME: Gishin Funakoshi (89 anos) 
QUEM FOI: Mestre japonês de Karatê. Apelidado de Shoto, foi o principal divulgador da arte marcial pelo arquipélago japonês. Deixou como legado, além do karatê mundialmente conhecido, dois estilos, Shotokan e Shotokai. Seu falecimento deu-se m 1957, evento depois do qual, apesar dos grandes esforços despendidos, marcou ainda mais a fragmentação de sua arte marcial. Em 1902, durante a visita de Shintaro Ogawa, que era então inspetor escolar da prefeitura de Kagoshima, à escola de Funakoshi em Okinawa, foi feita uma demonstração de te. Funakoshi impressionou bastante devido ao seu status de educador, ficando Ogawa tão entusiasmado que súbito escreveu um relatório ao Ministério da Educação elogiando as virtudes da arte. Foi então que o treinamento de karatê passou a ser oficialmente autorizado nas escolas. Funakoshi sempre enfatizava o desenvolvimento do caráter e a disciplina nas suas narrações durante essas demonstrações. Quando participava das exibições, gostava de executar o katá Kanku Dai, o maior de seu estilo, e talvez o mais representativo. 
NASCIMENTO: 1868 - Okinawa, Japão. 
MORTE: 26 de abril de 1957 - Okinawa, Japão. 
CAUSA DA MORTE: Câncer colorretal 
OBS: No fim da vida, Funakoshi sofreu também de osteoartrite. No seu túmulo está gravada sua célebre frase: Karate ni sente nashi. O monumento está localizado no Templo Engakuji na cidade de Kamakura, Japão.


CÂNCER COLORRETAL é uma neoplasia que se origina de qualquer porção do colón, reto ou canal anal. A doença começa na camada superficial do revestimento intestinal e com o tempo vai atingindo as camadas mais profundas.




 

MORTE DE YOSHITAKA FUNAKOSHI


NOME: Yoshitaka Funakoshi (39 anos) 
QUEM FOI: Mestre japonês de Karatê. Filho de Gishin Funakosho, pai do Karatê Moderno e criador do estilo Shotokan. Praticava, além do Karatê de seu pai, outra arte marcial japonesa, o Kendô. Mas ao lado de seu pai que deixou as maiores contribuições, modificando sobremaneira o estilo, a tal ponto que se tornou bastante diverso daquele que era sua raiz: dos estilos Shuri-te e Shorin-ryu herdou as técnicas lineares, pero priorizou o treino de posturas mais baixas. Porque Yoshitaka tinha maior contato com influências nipônicas e, bem assim, era mais aberto a outros conhecimentos que não somente os tradicionais desde Okinawa, incorporou novos métodos e conceitos dentro da escola de karatê paterna. E isso sucedeu de tal forma que cambiou completamente o estilo Shotokan: originalmente, as posturas eram altas e relaxadas com golpes à curta distância, dava-se mor importância ao treino repetitivo dos katás e às técnicas executadas com as mãos (imobilizações, projeções, defesas, pancadas e socos); depois de Yoshitaka, não somente o estilo Shotokan alterou-se mas o próprio caratê, cujo aspecto do desenvolvimento físico foi realçado e «novos» golpes passaram ser treinados. 
NASCIMENTO: 1906 - Okinawa, Japão. 
MORTE: 24 de novembro de 1945 - Okinawa, Japão. 
CAUSA DA MORTE: Tuberculose.
OBS: Funakoshi, seu pai, estava contando com Yoshitaka para substituí-lo como instrutor do Shotokan, mas este pegou tuberculose em 1945 e veio a falecer enquanto teimosamente recusa-se a comer a ração americana dada ao povo faminto.




MORTE DE SYLVIA KRISTEL


NOME: Sylvia Kristel (60 anos) 
QUEM FOI: Atriz, diretora e modelo holandesa, mais conhecida pelo filme erótico Emmanuelle. Iniciou seu trabalho como modelo aos 17 anos mas inicialmente planejava ser professora. No Brasil a atriz fez o ensaio fotográfico de lançamento da revista Status, em agosto de 1974. Em 2004, fez sua estreia como diretora com o curta-metragem Topor et Moi, que recebeu o prêmio de melhor curta-metragem - menção especial do júri no Festival de Cinema de Tribeca, em 2006. Intitulada de Nua, originalmente Undressing Emmanuelle, sua autobiografia conta a história de alguém que lidou com a fama, o álcool, a cocaína, exploração, luxos, casamentos e ainda lutou contra um câncer. No final de sua vida, Silvia Kristel se dedicou a pintar quadros vivendo modestamente em Amsterdã. 
NASCIMENTO: 28 de setembro de 1952 - Utrecht, Países Baixos. 
MORTE: 17 de outubro de 2012 - Amsterdã, Holanda. 
CAUSA DA MORTE: AVC (sofria de câncer de garganta que se estendeu para o pulmão).  
OBS: Sylvia morreu durante o sono. A atriz havia sido internada em julho em um hospital de Amsterdã, após sofrer um derrame cerebral em casa. A atriz vinha fazendo tratamento contra um câncer de garganta há dez anos, mas precisou interromper o processo nos últimos dias devido a seu estado delicado.





MORTE DE NINA KULAGINA


NOME: Ninel Sergeyevna Kulagina (63 anos) 
QUEM FOI: Paranormal russa. Um dos casos mais estudados de psicocinese. Ficou famosa por supostamente conseguir movimentar a distância objetos como palitos de fósforos, cigarros, bolas de cristal, pêndulos e saleiros. Numa das experiências mais curiosas, ela teria feito parar o coração de um sapo. O fenômeno teria ocorrido num laboratório em 1970. Um psiquiatra que tomou conhecimento do evento duvidou da história e se ofereceu para uma experiência semelhante. Os dois se sentaram um de frente para o outro a uma distância de 2 metros e meio. Eletrodos de um equipamento de eletrocardiografia foram colocados no psiquiatra. Em dois minutos, segundo testemunhas, o coração do médico disparou de forma assustadora. O desgaste, registrado pelo eletrocardiograma, teria chegado a tal ponto que a experiência teve de ser imediatamente suspensa para que não ocorresse um incidente fatal. Para comprovar os poderes psicocinéticos de Nina, algumas de suas demonstrações também foram gravadas em fitas de vídeo. Teria descoberto as suas capacidades paranormais aos 33 anos de idade. Ela dizia ter herdado o dom da psicocinese de sua mãe, que também movimentaria objetos com a mente em sua casa quando ficava com raiva. 
NASCIMENTO: 30 de julho de 1926 - Russia.
MORTE: Abril de 1990 
CAUSA DA MORTE: Ataque cardíaco. 
OBS: Além dessa capacidade, pesquisas também afirmaram que Nina possuía outras capacidades paranormais, como clarividência e levitação. Exames fisiológicos concluíram que o seu esforço durante as demonstrações psicocinéticas era perigosamente alto, chegando a seu coração alcançar 240 batimentos por minuto. Em 1990, durante uma suposta demonstração psicocinética, ela acabou morrendo por ataque cardíaco.